O que é Caricatura

Caricatura é uma das área do desenho mais requisitadas nos dias de hoje para festas, eventos e casamentos e é um desenho de um personagem da vida real, tal como políticos, artistas e pessoas do seu cotidiano. Porém, a caricatura enfatiza e exagera as características da pessoa de uma forma humorística e divertida, assim como em algumas circunstâncias acentua gestos, vícios e hábitos particulares em cada indivíduo. Ser caricato é ser objeto de comicidade, ironia ou ter algo peculiar na face ou no corpo, levados ao exagero, à sátira jocosa, como crítica de costumes ou que enfatize a beleza de uma forma cômica.

Historicamente a palavra caricatura vem do italiano caricare (carregar, no sentido de exagerar, aumentar algo em proporção).

A caricatura é a "mãe" do expressionismo, onde o artista desvenda as impressões que a índole e a alma deixaram na face da pessoa e é uma arte que ultrapassa os tempos e impressiona todos que tem acesso a ela.

A distorção e o uso de poucos traços são comuns na caricatura. Diz-se que uma boa caricatura pode ainda captar aspectos da personalidade de uma pessoa através do jogo com as formas. É comum sua utilização nas sátiras políticas; às vezes, esse termo pode ainda ser usado como sinônimo de grotesco (a imaginação do artista é priorizada em relação aos aspectos naturais), burlesco ou ainda enfatizando a beleza através de seus traços comicos e joviais.

A primeira caricatura publicada no Brasil foi uma charge política de autoria de Manuel de Araújo Porto-Alegre, em 1836, durante o período regencial, sendo lembrado como o pioneiro da caricatura brasileira. Em 1837, Manuel de Araújo publicou uma caricatura no Jornal do Comércio, que seria uma sátira destinada ao seu inimigo Justiniano José da Rocha. No século XIX estiveram em atividade no Brasil grandes artistas, como Angelo Agostini, Rafael Bordalo Pinheiro e Cândido Aragonez de Faria, dinamizando um grande mercado, formando escolas e propiciando o aparecimento de uma quantidade de jornais e revistas ilustradas.

A caricatura servia para destacar os acontecimentos em que se denunciava a corrupção na política, até os dias atuais é usado pelos jornais como sátira de acontecimentos na política. Em 2002 ressurgia um jornal criado por Ziraldo, aclamado de O Pasquim 21, um semanal que havia tido início em 1969 em época de regime militar com o nome de Pasquim, onde as paginas eram repletas de caricaturas e charges de acontecimentos e fatos no Brasil. Infelizmente O Pasquim 21, que tem este nome com o numeral 21 referindo-se ao século XXI, teve fim em 2004.

Hoje em dia existem diversos tipos e estilos de caricatura desde as com traços mais cômicos até as com traços realistas e a Caricatura sempre está presente em nosso cotiadiano seja nas praças onde um Caricaturista chega a ganhar R$ 400 por dia com Caricaturas ou seja em eventos sociais onde o Caricaturista cobra por hora e fatura um bom dinheiro nesses eventos desenhando, é uma das áreas mais promissoras do desenho e os preços variam de R$ 25 a R$ 4.000 por trabalho.

Para que quer conhecer e também atuar nessa área existem bons cursos por ai e indicamos um muito bom e barato que te ensina a desenhar e também a atuar nessa área, o link está no banner abaixo: